mona

RebobinAndo: 7×18 Choose or Lose

 JP  14/06/2017  RebobinAndo

O tempo das Liars está prestes a acabar. Tic-toc.

O episódio dessa semana abriu caminho para o final de PLL e eu prometo, sinceramente, que vou ser bem sucinto nessa review, até porque, a essa altura, não estamos tendo muita coisa pra repassar, então só vou colocar aqui minhas impressões sobre o que todos assistimos, ok? Ok.

Pois bem, logo de cara descobrimos que, por conta de seu envolvimento com Spencer, Marco se afasta da polícia de Rosewood e quem assume a investigação sobre a morte de Archer é, ninguém menos, que a Tanner. Bom, nota 0 pra desenvolvimento de personagem porque, mesmo depois de ter salvo as meninas da Dollhouse e, se vocês se lembram bem, foi uma LUTA convencer a Tanner que as meninas eram VÍTIMAS e não culpadas como ela queria porque queria provar, continua tratando elas como lixo. Tudo bem, dessa vez, de fato, elas cometeram um crime, mas não podiam ter colocado a personagem com um ar mais amigável, levando em conta a experiência traumática das Liars? Resumindo, não foi a gente que pediu.

E por falar em pedir, a primeira medida da Tanner foi justamente um mandado confiscando tudo quanto era item pessoal das meninas, buscando provas que elas teriam algo a ver com o crime. Foi encontrado no box da Spencer um pedaço de vidro com sangue, como vimos. Poxa, tá querendo dizer que elas foram TÃO cuidadosas com o plano mas esqueceram de olhar pra ver se não tinha nada de caco de vidro depois da noite do acidente no banheiro em que elas se limparam depois do acidente? Sério, não dá.

Diante dessa situação toda, A.D. dá um ultimato: em 36 horas elas tinham que escolher ou perder, ou seja, ou uma delas assumia a culpa de tudo e salvava as outras OU todas iriam para a cadeia. Bem clássico, não é mesmo? Nesse meio tempo, Mona, como eu já havia prevido na outra review, expõe Aria para as meninas, alegando que ela é ajudante de A.D., o que claro, provoca um grande choque em todas mas, como ninguém nunca confia na Mona, elas pedem provas e é isso o que Mona dá. Naquela mesma noite, Aria se encontraria com A.D. e, graças às escutas que Mona vem fazendo, as Liars vão até o local do encontro e confrontam Aria.

A cena toda foi muito boa, mas, na minha singela opinião, poderia ter tido mais drama, mais grito, mais discussão. E o motivo da Aria pra ter feito o que fez foi PÉSSIMO. Eu venho falando desde a review do que esse plot da Aria ajudando A.D. é muito bom e mostra um outro lado de uma personagem que passou seis temporadas e meia vivendo em função de um homem, praticamente se anulando o tempo todo. Daí, o que os escritores fazem com esse plot que tinha tudo pra ser maravilhoso? Isso mesmo, colocam o “mais do mesmo” que é a Aria vivendo em função do Ezra, nesse caso com o agravante de ela trocar a amizade e parceria que tem com Spencer, Hanna, Emily e Alison pelo cara que fez ela de trouxa se aproximando dela só pra escrever um livro. Era ÓBVIO que qualquer pessoa em sã consciência denunciaria alguém que usa de uma posição de poder pra se aproveitar de alguma situação, e digo mais: Aria deveria ter levado a denúncia a cabo pro Ezra pensar no que fez na cadeia mesmo. Estamos romantizando Ezria desde sempre e não podemos nos esquecer de tudo o que já discutimos na review passada e não vou ficar repetindo nessa, mas enfim. Infelizmente, o rumo que o potencial plot da Aria tomou foi esse e mais uma vez escreveram a personagem como alguém submissa o bastante pra trair as amigas que passaram pelas mesmas torturas que ela. Achei péssimo e não retiro o que digo aqui.

Diante da briga com as amigas, Aria tenta se desculpar e encontrar seu caminho de volta para o grupo. Spencer até se mostrou aberta e tentou conversar com ela, mas A.D. livrou Aria da investigação de Tanner ao colocar provas falsas no meio das coisas que a polícia havia recolhido para investigar, o que deixou Spencer P da vida e totalmente desinteressada em tentar voltar a falar com Aria. No final das contas, o timer de A.D. chegou a zero e Aria tomou a decisão de se entregar pela morte de Archer, mas já era tarde demais. O Samsung que A.D. emprestou pra ela explodiu e as coisas ficaram por isso mesmo… eu só não entendi quem colocou o corpo do Archer no porta malas da Aria. A.D. não tinha livrado ela e dito pra ela ir aproveitar sua liberdade? Então por que cargas d’água colocaria o defunto no carro da Aria? Espero que isso seja explicado… aliás, não espero, porque nas últimas semanas essa série tem mais me decepcionado do que me feito feliz. Dois episódios bacanas até aqui nessa reta final. Dois. De oito.

Enfim, como vimos, Caleb e Ezra seguiram o sinal de internet que, aparentemente, controla o tabuleiro e acabaram chegando no apartamento de Mona onde, do lado de dentro, a vemos encarando o tabuleiro e colocando os mesmos óculos que ela usava quando era “Loser Mona”. Peraí, mas ela pegou o tabuleiro? Que que ta acontecendo, Marlene? Ok, pode até ser que ela esteja mais envolvida nisso do que nós todos gostaríamos, mas não acho que ela seja A.D., como já falamos em reviews anteriores. Resta saber o quanto Mona sabe e o quanto ela pode ter descoberto. Sinceramente, e vocês já sabem disso, ela é a única razão pela qual estou assistindo a série nesse ponto.

Agora vamos ser bem sucintos sobre os casais:

Cenas Ezria: me recuso.
Cenas Emison: um pouco mais fofinhas, talvez eu tenha visto 0.25 a mais de química e é só isso.
Cenas Spoby: WHAT? Do nada os dois voltam a ficar juntos. Do nada. Velhas chamas do passado se reacendem e BAM. Também não senti a mesma química de antes com os dois – embora a gente PRECISE concordar com o fato de que o Keegan Allen de barba foi uma das melhores coisas que já vimos nessa série, não é mesmo?
Cenas Haleb: Embora eu ache que todos os casais sejam uma furada e estão ai por puro fanservice, achei muito gracinha o casamento deles. Acho que, de todos os casais, eles são o que mais tem química no ponto em que estamos. Não vou ficar falando muito o que acho porque, como vocês já sabem, vou fazer um comentário melhor no nosso último rebobs, quando a série acabar.

Enfim, menines, é isso. Episódio assim, em que a história não anda, me deixam extremamente frustrado, ainda mais porque o da semana passada foi realmente bom. Espero que os dois últimos capítulos dessa história nos tragam momentos melhores. E também espero que vocês tenham gostado da review, qualquer coisa, é só deixar um comentariozinho aqui embaixo, ok? Ok.

See you, bitches!

Mídias sociais

Pesquisar

Site Status

Disclaimer

Parceiros